Google+ Followers

domingo, 1 de abril de 2012

A figueira que secou Marcos 11:12-23


No dia seguinte, quando estavam saindo de Betânia, Jesus teve fome.
Vendo à distância uma figueira com folhas, foi ver se encontraria nela algum fruto. Aproximando-se dela, nada encontrou, a não ser folhas, porque não era tempo de figos.
Então lhe disse: "Ninguém mais coma de seu fruto". E os seus discípulos ouviram-no dizer isso.
Chegando a Jerusalém, Jesus entrou no templo e ali começou a expulsar os que estavam comprando e vendendo. Derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas
e não permitia que ninguém carregasse mercadorias pelo templo.
E os ensinava, dizendo: "Não está escrito: ‘A minha casa será chamada casa de oração para todos os povos’? Mas vocês fizeram dela um covil de ladrões".


Os chefes dos sacerdotes e os mestres da lei ouviram essas palavras e começaram a procurar uma forma de matá-lo, pois o temiam, visto que toda a multidão estava maravilhada com o seu ensino.
Ao cair da tarde, eles saíram da cidade.
De manhã, ao passarem, viram a figueira seca desde as raízes.
Lembrando-se Pedro, disse a Jesus: "Mestre! Vê! A figueira que amaldiçoaste secou! "
Respondeu Jesus: "Tenham fé em Deus.
Eu lhes asseguro que se alguém disser a este monte: ‘Levante-se e atire-se no mar’, e não duvidar em seu coração, mas crer que acontecerá o que diz, assim lhe será feito.
Marcos 11:12-23



Meus queridos!!!A passagem da fiqueira que secou como tantas de Jesus, nos mostram o verdade de seus ensinamentos da maneira mais didática que ele conseguiu transmitir para um povo rude e ignorante, se hoje vemos que pessoas que se dizem cultas não entendem nada,  que dirá há 2000 anos atrás um população do deserto dominada pelo império Romano.Nesta passagem já mensionada Jesus ensina sobre a importância dos resultados ``dos frutos`` para uma filosofia, ou idéia,ou ciência,ou doutrina,ou Utopia ser verdadeira, deve dar resultados positivos no bem( frutos) porque se não,secará e estará condenada a esterelidade como a figueira, porque lhe falta o amor,não aquele amor de aparência e de palavras vãs,mas o amor de prática e ação, como também lhe falta a fé,a verdadeira fé( isto mesmo , meus amigos, fé sim , já que o homem sabe tão pouco, com toda sua ciência, ainda engatinha fascinado perante a Obra Gloriosa de DEUS, que é um Universo insondável e sem fronteiras, por isso o homem necessita de fé).Uma fé produtiva, uma fé que abala as fibras do coração, que é capaz de transportar os montes.Tantos os homens , como as ciências que não tiverem amor e fé, são árvores cheias de folhas,mas sem frutos.Esta passagem nos diz que todos os sitemas, todas as doutrinas que nenhum bem trouxer para a humanidade, e também todos os homens deliberadamente inúteis, por não porem em ação os recursos que traziam consigo dados por Deus, cairão reduzidas a nada, serão tratados como a figueira que secou.Amém!!Fiquem com Deus!