Google+ Followers

domingo, 22 de abril de 2012

Cuidado com os lobos em pele de cordeiros nos alertou Cristo Jesus Mateus 7:15-29




Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.
Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.
Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.




 



Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.
Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.
E aconteceu que, concluindo Jesus este discurso, a multidão se admirou da sua doutrina;

Porquanto os ensinava como tendo autoridade; e não como os escribas.
Mateus 7:15-29





Nem todos os que dizem ter fé em Jesus herdaram a vida eterna, pois de que vale chamar Cristo Jesus de Senhor, se não lhe seguem os ensinamentos? Serão seus discípulos os que passam os dias em oração e não se mostram nem melhores, nem mais amorosos, nem mais indulgentes para com seus semelhantes? Com certeza não, pois como os fariseus, eles têm a oração nos lábios e não no coração. Pela forma poderão impor-se aos homens; Mas não podem impor-se a Deus. Em vão dirão eles a Jesus: "Senhor! não profetizamos em teu nome; não expulsamos em teu nome os demônios;" Ele lhes responderá: "Não sei quem sois; afastai-vos de mim, vós que cometeis iniqüidades, vós que desmentis com os atos o que dizeis com os lábios, que caluniais o vosso próximo, que expoliais as viúvas e cometeis adultério. Afastai-vos de mim, vós cujo coração destila ódio e fel, que derramais o sangue dos vossos irmãos em meu nome, que causai sofrimentos, em vez de secar as lágrimas do teu próximo. Para vós, haverá prantos e ranger de dentes, porquanto o reino de Deus é para os que são brandos, humildes e amorosos.  Não espereis dobrar a justiça do Senhor pela multiplicidade das vossas palavras e das vossas simulações de fé. O caminho único que vos está aberto, para achardes graça perante ele, é o da prática sincera da lei de amor.
São eternas as palavras de Jesus, porque são a verdade. Constituem não só a certeza da conquista da  vida celeste, mas também a segurança da paz, da tranqüilidade e da estabilidade na vida terrestre. Eis por que todas as instituições humanas, políticas, sociais e religiosas, que se apoiarem nessas palavras, serão estáveis como a casa construída sobre a rocha. Os homens as conservarão, porque se sentirão felizes nelas. As que, porém, forem uma violação daquelas palavras, serão como a casa edificada na areia. o vento e o rio da verdade as arrastarão.